Seguidores

07/06/2017

Manual prático para o Culto Infantil


Baixe Aqui o seu

28/04/2017

Caim e Abel


Caim e Abel – Gênesis 4:1-16


Lembre-se na última vez ouvimos a história de quando Deus expulsou Adão e Eva para fora do jardim e agora eles iam ter que trabalhar muito duro para a sua alimentação e roupas. Que triste, se eles tivessem obedecido a Deus eles ainda estariam vivendo no belo Jardim do Éden. Ainda mais triste é que, porque eles desobedeceram, todos que jamais viveriam, teriam o pecado em seus corações também.


Deus nos ama muito, mas assim mesmo, quando não obedecemos entramos em apuros. Você sabia que o pecado traz problemas? Sim ele traz muitos problemas, especialmente quando não obedecemos os nossos pais, os nossos professores ou alguém em posição de autoridade. Entramos em apuros porque nós estamos cometendo um pecado de algum tipo. Pode ser mentir, enganar, brigar, roubar, desobedecer, ter pensamentos ruins ou não ser bons, porque queremos as coisas do nosso jeito.
Porque Adão e Eva desobedeceram a Deus, eles agora tinha o pecado em seus corações. Quando eles tiveram filhos eles eram como seus pais, e tinham o pecado no seus corações também. Adão e Eva tiveram muitos filhos e seus filhos tiveram filhos e foi assim que eles povoaram a terra. Porque Adão e Eva desobedeceram a Deus agora todo mundo nasce com pecado em seu coração.


Mesmo trabalhando dure, Adão e Eva ficaram muito felizes quando tiveram seu primeiro bebê, quem eles chamaram de Caim. Um pouco mais tarde eles tiveram um outro menino que chamaram de Abel.


Quando Caim cresceu ele se tornou um fazendeiro, ele gostava de cultivar frutas, vegetais e plantas. E Abel gostava de animais, então ele foi um pastor e cuidou das ovelhas.
Um dia Caim e Abel trouxeram um presente para Deus para Lhe agradecer por todas as coisas boas que Ele tinha feito para eles. Então eles construíram um altar para o sacrifício, é assim que eles faziam as coisas há muito tempo atrás. Um sacrifício é quando você dá o seu melhor para Deus. É algo que você tem, que gostaria de manter para si mesmo.


Caim trouxe uma grande quantidade de frutas, legumes e grãos e as colocou no altar, e Abel trouxe uma ovelhinha para dar a Deus.


Deus tinha algumas regras sobre sacrifícios e Ele gostou mais daquele que Abel ofereceu porque Abel estava obedecendo ao que Deus havia dito que fizessem. Isso fez Caim ficar muito bravo.

Deus amava os dois irmãos mas ele disse para Caim: “Por que você está fazendo beicinho.” “Se você fizer o que é certo você vai ser feliz, mas tome cuidado se você tiver maus pensamentos em sua cabeça, eles vão trazer-lhe problemas.” Deus também lhe disse: “Você precisa aprender a ouvir e obedecer.” Mas Caim não queria ouvir e ele estava com raiva de Deus e de seu irmão também.


Daquele dia em diante Caim estava com ciúmes de seu irmão, e não gostava dele mais. Que triste, porque Abel não tinha feito nada para ele.


Caim estava tão bravo que ele estava pensando em fazendo algumas coisas horríveis para seu irmão. Então um dia ele disse: “Abel venha comigo para o campo.” “OK” Abel respondeu e foi para o campo com Caim. E, quando eles estavam bem longe onde ninguém podia vê-los, Caim atacou o seu irmão e o matou.


Mais tarde naquele mesmo dia Deus viu Caim trabalhando no campo no sol quente e lhe perguntou: “Onde está seu irmão Abel” Caim respondeu a Deus com muita falta de respeito e disse: “Não sei; sou eu o responsável pelo meu irmão?” Mas Deus sabia a coisa terrível que Caim tinha feito.
Deus lhe disse: “Eu vejo o sangue do seu irmão no chão. Porque você o matou, o chão já não vai mais produzir frutas e legumes. A partir de agora você vai ter que ir para muito longe para encontrar comida.”


Caim estava com medo e ele disse a Deus: “Senhor, Sua punição é muito grande e meus parentes vão tentar me matar quando descobrirem o que eu fiz. Eu vou ser sempre um fugindo errante pelo mundo.”
Então, Deus colocou um sinal nele. Quando alguém viu o sinal eles sabiam que não deviam matá-lo porque Deus estava vigiando.


Esse foi um dia muito triste para todos. Caim teve que deixar sua casa por causa do mal que tinha feito. Adão e Eva perderam seus dois filhos em apenas um dia, Abel estava morto e Caim perdeu sua família. O pior de tudo é que Caim afastou-se de presença do SENHOR e foi viver na terra de Node.
Que triste, teria sido tão diferente se Caim tivesse escutado e obedecido a Deus.
Precisamos nos lembrar de que Deus nos ama e devemos obedecer-Lo sempre, não porque temos medo Dele, mas porque O amamos.


07/09/2016

PERSISTÊNCIA - A CHAVE DO ENSINO BÍBLICO


Uma mera exposição bíblica não tem a eficácia do ensino persistente, contínuo, moldado conforme a faixa etária do ouvinte.
Não basta dizer à criança, apenas uma vez, que Deus a ama. Temos que repetir-lhe repetidamente esta afirmação.
Não basta contar-lhe história bíblica uma só vez, ou levá-la à igreja uma vez por ano, ou à escola bíblica uma vez por mês. Elas precisam isto constantemente, precisam estar em contato com o ensino da Palavra pelo menos 1 vez por semana.
É necessário que leiamos as histórias para elas. E precisam da explicação do texto. Quanto mais ouvirem o texto bíblico, quanto mais pessoas confirmarem o que foi exposto, mais crerão no que a Bíblia afirma (Rm 10.17).
O professor precisa explicar o plano de salvação, ensinar ao aluno como irão receber a Cristo como único e suficiente Senhor e Salvador. É necessário repetir, lição após lição, que Deus tem um plano para sua vida.
Persistir é a chave do ensino bíblico. Persistir em oração. Ensinar, semana após semana, o alto valor das Escrituras, a certeza do amor de Deus e o perdão. Aplicar tais valores a um dia-a-dia, transformando o aluno em um discípulo de Cristo. Esta é sua tarefa, professor, nunca desanime!

Fonte: http://www.ebdonline.com.br/

AddThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...