Seguidores

27/07/2012

Dia dos Pais - Teatro


Dramas dos relacionamentos familiares, pais e a importância deles; com qual deles há identificações...
Filho que não tem pai
Pai muito ocupado
Pai que não dá carinho
Pai que bate no filho

Narradora: Sabe, um pai faz muita falta, pra dar um carinho, uma bronca, um conselho, uma direção, uma correção... muitos filhos infelizmente nascem e crescem sem seus pais, muitas vezes pela mãe ter uma gravidez precoce, o pai imaturo não quer assumir. Outras vezes o pai abandona o lar... enfim... é triste uma criança crescer sem seu pai...
(Adolescente, no meio triste.)
Chega a mãe: o que foi filha, pq vc está assim?
Filha: como você sabe mãe, hoje é dia dos pais e eu não tenho um pai para comprar um presente, dar uma lembrança ou até mesmo dizer um EU TE AMO (chora)
Mãe: mais filha eu tenho dado duro, trabalhado muito para nada te faltar, ralo bastante. Tenho sido seu pai e sua mãe...
Filha: eu sei mãe e sou grata à Deus por ter me dado uma mãe assim como vc, mais é diferente, não é a mesma coisa de vc ter seu pai...
Mãe: mais filha
(filha interrompe) filha: mas, mãe acho que seria muito bom se eu tivesse um pai com quem contar...
Mãe: filha, Deus sabe de todas as coisas, quem sabe, é melhor vc não ter um pai, do que ter um que venha te maltratar...
Filha: é verdade!
(saem as duas tristes)
Narrador: tá vendo, é triste, não é? Mais sabe que ela falou algo que é verdade, muitas vezes é melhor vc não ter um pai, do que ter um pai muito ocupado, que põe trabalho, serviço, emprego, e coisas fúteis como prioridade e não tem tempo para a sua família, em vez da família ser prioridade, não! Não tem tempo para sair com a esposa, com a filha, pra ir na praça, no china (ri), é verdade trabalha que nem um escravo e depois fala que não tem dinheiro, vejamos...
(família toda na sala)
Filha: oi pai, chegou cedo hoje!
Pai: oi filha!
Esposa: amor vamos sair no sábado? Há muito tempo Não saímos juntos, em família...
Pai: não querida, fui escalado para trabalhar no sábado!
Filha: mais que escala é esta? Todo sábado vc é escalado! Agente nunca sai ...
Pai: depois agente conversa, estou no horário de almoço, daqui à pouco vou voltar...
Esposa: e nós vamos sair quando?
Filha: pai quero ter fazer uma surpresas nos dias dos pais, quero sair contigo para um lugar muito especial, meu pai...
Pai: filha desculpe te desapontar, mais no dia dos pais eu vou dobrar!
Esposa: chega amor, estou cansada disso, só trabalho, trabalho e mais trabalho, onde fica família e Deus nisto?
(mãe puxa a fila e saem, pai pensa, lamenta e sai)
Narradora: tá vendo, prefere o trabalho, do que momentos de lazer com a sua família, e compromisso de verdade com Deus, em vez de colocar Deus e depois a sua família como prioridade, bota um mísero empreguinho...
Agora vejamos um pior, um pai que não dá carinho e nem amor para sua filha e esposa, que não dá atenção, acha que colocar arroz e feijão em casa é o suficiente, ignorante, esquece que um lar deve também ser alicerçado com amor, carinho, confiança... e não apenas com comida, como se barriga cheia fosse sinônimo de felicidade... Ignorante...
(Pai chega e filha carinhosamente vai falar com ele)
Filha: oi paaaaaaaaai
Pai: oi.
Filha: aconteceu alguma coisa, pai?
Pai: não nada de mais, nada que desrespeite à crianças...
Filha: (triste) pai precisamos conversar à muito tempo que vc não conversa comigo, pelo que eu me lembro de filha pra pai...nunca!
Pai: hei garota, o que vc quer mais, já tem comida em casa, arroz, feijão não te falta.. vc deveria ser muito feliz por isso sabia?
Filha: pai, comida não é tudo... eu preciso de carinho, de atenção, de afeto...
Pai: ah garota mal agradecida, mal criada...amor? afeto? Blá, blá, blá... pra quê?
Que isso traz pra vc, garota?
Filha: traz educação, base, pois, amanha eu terei a minha família e passarei tudo de bom que aprendi com meu pai.
Pai: isto é palhaçada, vc já tem o amor de Deus na sua vida e é mais do importante..
Filha: com certeza, eu amo o meu Deus acima de tudo, Ele sim é o meu pai, O pai, o nosso Pai, mais pai...
Pai: mais nada, não me tira da graça:
Filha: este assunto não vai nos levar a nada, mais quer saber? Vou dar para meus filhos tudo o que não tive, amor, carinho, atenção, afeto, conversas, conselhos, e não apenas arroz e feijão, tudo o que não tive (sai nervosa, triste, irada, mais não rebelde)
Pai: ah menina ingrata!
(pai sai enfurecido)
Narradora: realmente, um ignorante, mas sem mais comentários, agora uma filha que cresce vendo cenas indescritíveis, o pai batendo em sua mãe e a criança indefesa não podendo fazer nada! Como se ainda não bastasse um pai que bate em sua filha, chega meio que embriagado, com problemas e descontas na sua família, na sua filha! Um bruto:
(pai chega meio embriagado)
Filha: pai? Bebeu de novo, pai? Porque isso?
Pai: vc não se meta, deixa de ser abusada!
Filha: mais meu pai eu quero seu bem,
Pai: ah menina abusada, (bate nela)
Filha: (chora): que isso, vc ta maluco, que eu falei de mais?
Pai: falou de mais, te criei muito mau menina!
Filha: ah ta bom, eu que cresci traumatizada vendo vc chegar bêbado e descontar tudo na gente! Cresci vendo vc espancar minha mãe e no dia seguinte ela machucada falava para todos que caiu!
Vc sempre foi bruto, grosso, bêbado.. Nojento, mais eu sempre te amei...
Pai: (com raiva) a menina a educação que eu não te dei vou dar hj...
(sai batendo muito e ela gritando e chorando)

Narradora: não tenho o que dizer! O pior que são retratos de vidas reais, que com certeza alguns destes casos já aconteceu com algum conhecido, familiar ou até mesmo com vc, na sua família, talvez vc hoje poderia está esperando uma peça com um lindo final feliz, o que adianta, se não causar efeito nenhum nos espectadores,então fizemos esta encenação levando como reflexão lares, famílias, pais... filhos. Não sei que tipo de pai é vc, espero que não se enquadre em nenhum destes casos, em nenhum mesmo!
Mais há tempo de mudar! De melhorar, evoluir, de se tornar um bom pai, dá mais atenção a sua família, sua esposa, sua filha, saiba que trabalho passa, damos a vida e quando menos notar, bum! Estamos demitidos, agora momentos com a família não! Estes momentos sim ficarão, momentos de risos, de felicidade, momentos que marcam...
é muito bom ter um pai que dá carinho para seus filhos, atenção; pai, eu não sei como foi o seu pai, mais seja para o seu filho dez vezes melhor do que o seu pai foi para vc! Converse, transmita confiança, não brigue, não bata, não agrida, dê valor, pois família, é um projeto de Deus, plano de Deus... e não tem, nada mais lindo do que ver um lar feliz.
Lembre-se, Lembre-se, Lembre-se o seu filho é o seu retrato, o que vc faz com ele hj se reflete no amanhã!
(A filha no meio da fala da narradora vai para o meio da igreja senta e começa a chorar, chora muito, no final a narradora sai disfarçadamente, a mãe chega abraça a filha seca o rosto dela, em seguida, o pai chega todo se abraçam amorosamente dão as mãos e) falam:

FELIZ DIA DOS PAIS!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por me abençoar com seu comentário!Se gostou,volte sempre.

AddThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...